A empresa e sua demanda

O projeto foi realizado na empresa CECRISA, cuja área de atuação se dá pela fabricação de pisos de porcelanato (da marca Portinari). A motivação pela procura da PJ foi obter a simulação estrutural do processo de prensagem com uma adaptação que já haviam realizado na prensa hidráulica, a qual é utilizada para a atividade fim da empresa.

A demanda do cliente era que prevíssemos o comportamento da estrutura baseando-se nas condições de uso do equipamento e estrutura total, resultante da adaptação. Para solucionar essa demanda foi realizado um projeto de Análise via Elementos Finitos.

O que foi realizado

Como o equipamento não possuía dados técnicos de suas dimensões, a equipe tirou todas as medidas a fim de modelá-lo (desenhá-lo em software 3D). Posteriormente, realizou-se a simulação estrutural via elementos finitos da prensa hidráulica, utilizando o software SolidWorks e Deform (programas de modelagem 3D e 2D de peças e de simulações), com o intuito de analisar os pontos de concentração de tensão, ou seja, pontos que indicassem vulnerabilidade do equipamento.

Além da simulação estrutural, oferecemos ao cliente uma alternativa para suprir o problema de maneira mais econômica e realizamos simulações de fadiga, comparando a vida útil da estrutura com a adaptação anterior e com a adequação que propusemos.

Os resultados

Depois de terminada a simulação, os resultados obtidos foram analisados e constatou-se a existência de concentradores de tensões em pontos da estrutura montada, os quais implicariam fratura do local. Do modo como a máquina se encontrava, ela não suportaria o modo operante e sofreria danos de alto custo de manutenção.

O resultado do projeto foi o que embasou uma tomada de decisões na empresa quanto à adaptação de uma segunda prensa e fez com que o fornecedor da alteração realizada admitisse o erro e ressarcisse a empresa cliente, além de poupar gastos com a quebra do equipamento e decorrente interrupção da produção.

A satisfação do cliente foi muito elevada, uma vez que investiu em nosso projeto em torno de 10% do valor que teria despendido com gastos de manutenção, além de consequentes prejuízos da parada de produção. Parafraseando-o, “Todos os resultados esperados com o projeto foram alcançados e as expectativas, como um todo, superadas”.