Apesar de ser uma das expressões mais presentes no Lean, poucas empresas entendem o real significado da ferramenta e conseguem aplica-la de forma a gerar os melhores resultados para seus processos. De origem japonesa o significado da palavra Kaizen é Kai (Mudar) + zen (Para melhor), ou seja, a ideia de que a empresa deve estar sempre buscando melhorar sua situação, melhoria contínua. Portanto, Kaizen não é uma ação pontual ou um conjunto de ações, mas sim uma mentalidade que deve estar difundida por toda a empresa, desde os funcionários operacionais até a diretoria.

Um método comumente utilizado por diversas empresas para a difusão dessa mentalidade é o Kaizen Blitz, que é simplesmente uma ação intensiva e focada em melhorar os processos na empresa. Para realizar o Kaizen Blitz são formadas equipes na empresa, normalmente de diversas áreas da empresa com o objetivo de reduzir algum dos sete desperdícios, melhorar o fluxo de produção, reduzir estoques, reduzir defeitos nos produtos em um período de tempo bem curto, usualmente uma semana. Para cumprir os objetivos da Kaizen Blitz são utilizadas diversas ferramentas e práticas presentes no Lean como 5S, Kanban, SMED e o VSM, que se baseia diretamente no Kaizen.

A realização de Kaizen Blitz na empresa é de grande importância para a implementação da mentalidade de melhoria contínua na empresa e a resolução de problemas críticos, porém existem alguns pontos que devem ser levados em conta para que o objetivo dessas ações não desapareça após o término das mesmas. Realizar esses eventos apenas com o objetivo de resolver os problemas locais ou para bater indicadores não gera impactos sistêmicos nem muda a mentalidade da empresa para uma mentalidade Kaizen. Para potencializar os resultados desses eventos uma ação frequentemente utilizada por diversas empresas é o envolvimento de todos os funcionários com melhorias sistêmicas, através de incentivos para os funcionários sempre tentarem melhorar seu ambiente de trabalho. Através dessa ação, diversas melhorias são propostas e implementadas nos diversos setores da empresa além da disseminação da mentalidade de melhoria contínua. Um exemplo de sucesso dessa prática ocorreu no hospital Madre Teresa, onde através de formulários simples, nos quais eram preenchidos o problema, uma descrição sobre o mesmo, sobre o quanto era gasto por exemplo e por fim uma possível solução. Através de pequenas ações vindas de diversos funcionários foram realizados diversas melhorias ao longo de um ano, gerando uma economia de milhares de reais.